Fuga

No trânsito caótico
Coração apertado entre os carros
A fumaça preta entra nos poros
O cérebro cansa, engarrafado
No engarrafamento
Mas pensa, definitivamente
Vou sair dessa estrada
dessa floresta de cimento
Vou voar
Para o paraíso

E ficar por lá
Onde o engarrafamento é de cerveja
O trânsito caótico é formado por beijos
E a fumaça é da comida saída do forno.

Quero fugir desse país do transtorno.

Anúncios

Um comentário sobre “Fuga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s