Dando um tempo no relacionamento

Meu amor pelo verão é história de muitos anos. Romântica e apaixonada, sempre fui adepta de dias quentes, ensolarados e cheios de luz. Mas este ano tudo mudou. Meu corpo, que antes não sentia o calor, começou a suar pelo mais simples vento quente. Meu rosto se tornou oleoso, brilhoso e aquelas gotas de suor insistem em se mostrar, orgulhosas, no meu nariz e acima dos lábios. Costumava fazer piadas com aquelas senhoras que usam pequenas toalhinhas para se secar dentro do ônibus. Hoje, tenho a minha própria toalhinha, com meu nome bordado. Brega? Sim. Mas seca as lágrimas que meu corpo chora ao sentir o bafo nosso de cada dia. O verão me traiu. Ou fui eu quem mudou? Só sei que o nosso relacionamento está abalado e precisamos de um tempo.

Quem sabe, conversar um pouco mais com o tal inverno que costuma dar as caras em um certo período. Sempre me atraí pelo outono, que passa rápido, mas é agradável e bonito. Não sei o que fazer desse relacionamento. Só sei que sozinha não posso ficar. A natureza não permite. E o verão? Ah, quem sabe a gente volta no ano que vem.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s