ROTEIRO de 3 dias em Montevideo [Completo – com custos]

Montevideo, no Uruguai, pode ser uma delícia de se conhecer – ou uma perda de tempo, se você não souber criar um roteiro que englobe passeios nos pontos certos da cidade. Por isso, mostramos o nosso roteiro de 03 dias em Montevideo, com pegada cultural, para você conferir e se inspirar!

DIA 1

Quando fizemos nossa trip para o Uruguai, em Março de 2019, chegamos no início da tarde ao nosso hostel. Do aeroporto até lá, custou cerca de R$ 50,00 de Uber. O hostel ficava em uma região não muito central da cidade, mas ainda assim, era possível ir caminhando até os principais pontos que queríamos conhecer! Não indicamos este hostel, por isso, não vamos colocar a informação aqui. Encontre bons hotéis pelo booking com nosso link aqui.

Estádio Centenário / Museu do Futebol

O primeiro ponto que visitamos foi o Estadio Centenário, local onde aconteceram os jogos da primeira Copa do Mundo de Futebol, em 1930. Lá dentro há o Museu do Futebol, que pode ser visitado somente de segunda à sexta-feira por um ingresso no valor de cerca R$ 25,00.

No museu, é possível ver uniformes antigos, taças, medalhas e vários outros itens históricos sobre o futebol mundial. Indicado para quem gosta do assunto, as camisas dos principais jogadores, ainda sujas de barro, estão estendidas em redomas de vidro e prontas para serem analisadas com calma. Fotos icônicas de jogos que marcaram a história, são espalhados pelas paredes.

Ainda é possível ver entrar no Estádio Centenário e sentar na arquibancada, apreciando cada canto da vista do gramado.

Monumento La Carreta

Saindo do Estádio, caminhe um pouco pela rua principal e pare para conhecer o Monumento “La Carreta”, criado por José Belloni, imigrante italiano que registrou o meio de transporte e carga antes das ferrovias.

Te acordas?

À noite, fomos tomar um drink e comer uma coisinha em um bar local. Podemos dizer que Montevideo está muito bem servido em termos de bares e pubs. São, em geral, muito criativos, contam com comida boa e bebidas diferentes. Nosso escolhido foi o bar “Te acordas?”, que é bastante charmoso. Os drinks são bem diferentões e disruptivos. Dois drinks + batatas fritas com queijo e cogumelos como aperitivo saíram cerca de R$ 100,00 para duas pessoas. Não é muito barato, mas Montevideo não é a cidade mais barata mesmo.

DIA 2

Museu Nacional de História Natural

O segundo dia começou cedinho, mas gastamos muito tempo caminhando até chegar no Museu Nacional de História Natural. É uma tradiçãozinha nossa de viagem visitar os Museus de História Natural de todos os lugares que vamos. Animais empalhados são muito bacanas para aprender sobre a vida selvagem!

A entrada no museu é gratuita. E isso se reflete no museu como um todo. A entrada é bem precária e o local é vazio. Para entrar no museu, é necessário PEDIR A CHAVE (acredite) para a equipe administrativa, que fica no andar térreo. A situação é triste, mas o museu é bem bacana de se visitar. É como uma porta para outra época.

No mesmo prédio ainda há uma biblioteca muito antiga, praticamente desativada, mas com sua arquitetura e decoração intactas. Cenas de filmes de época.

Praça Independência

Sempre caminhamos muito em nossas viagens, assim sentimos que conhecemos mais cada lugarzinho que visitamos. Depois deste passeio, rumamos para a Praça Independência, onde fotografamos a estátua de Artigas e visitamos seu mausoléu.

Teatro Solís

Logo ao lado, chegamos ao Teatro Solís. Só a parte externa já é linda e repleta de detalhes. Há um passeio guiado por dentro das salas de espetáculo com horários diferentes em cada período do ano, confira aqui. O preço para o passeio é de cerca de R$ 10,00.

À esta altura, a fome já incomoda! Nossa dica é escolher um local bem turístico, sentar, pedir uma Patrícia bem gelada e curtir o almoço com calma. Esse tipo de experiência também é importante!

Palácio Tarranco

Após o almoço, seguimos rumo ao Palácio Tarranco, que conta com o Museu de Artes Decorativas. O palácio, erguido no início do século XX, conta com um estilo influenciado pela arquitetura francesa. A visita guiada dentro da mansão é GRATUITA e acontece de segunda à sexta-feira. Cada sala, remonta outra época. Você pode conferir quadros, quartos, pianos decorados e vários outros detalhes da vida da antiga família Ortiz Tarranco, que morou neste palácio em tempos antigos.

Mercado del Puerto

É hora de visitar o famoso Mercado del Puerto, que fica a poucas quadras dali. O famoso mercado conta com parrilladas para quem come carne. E alguma batata frita (cara) para os vegetarianos. Um local bem “turistão”. Sugerimos beber uma cerveja geladinha em meio à muvuca do mercado, comprar um doce de leite em uma lojinha e pedir um carro para voltar para casa com tranquilidade, deixando os pés descansar um pouco.

Dia 3

Parque Rodó

Acorde cedo para uma caminhada no Parque Rodó, que conta com um lago para barcos e um parque de diversões vintage. Pertinho dali a praia Ramirez convida para colocar o pé na areia. Se estiver em boa época, dá para colocar até o pé na água (o banho completo fica para os corajosos e calorentos).

Central Friends

No almoço, encontramos uma pérola em meio à área residencial da cidade: o Central Friends é como se fosse um bistrô, inspirado na famosa série americana. Lembra bem o café onde os 6 amigos se encontram, com o sofá laranja, um violão com aviso “Phoebe vai voltar às 5pm” e gastronomia super saborosa (incluindo pratos vegetarianos muito bem pensados). Pedimos os wraps com fritas e suco de limão. O almoço para nós dois com bebida sai R$ 100,00.

Museu da História da Arte

Saindo de lá, voltamos ao centro para visitar o Museu da História da Arte. Com entrada GRATUITA, o espaço é sensacional. Desde a pré-história, o museu vai mostrando réplicas de obras e esculturas icônicas, evoluindo na linha do tempo. É muito bacana, de verdade!

Bar Facal

Uma paradinha no Bar Facal, que fica logo em frente à fonte dos cadeados. Use o banheiro, peça um café preto e uns churros. Você não vai se arrepender, em especial, se amigos quase centenários sentarem juntos para ler um jornal em uma mesa ao lado. Um dos cafés mais tradicionais do centro da cidade!

Jogo de Futebol

Prontos? Em períodos de campeonato uruguaio, você pode comprar ingressos (mais ou menos R$ 30,00 por pessoa) para um jogo e assistir da torcida. É emocionante e faz você se sentir um verdadeiro uruguaio. Os ingressos são vendidos nas casas de câmbio e loterias. Nós, quando fomos, escolhemos assistir Racing de Montevideo x Nacional do Uruguai em uma batalha que rendeu o gol mais bonito do campeonato. Foi bem bacana.

UFA!

Deu para visitar muita coisa, certo? Quer ver como a gente organiza esses roteiros? Então olha só esse vídeo que fizemos para o Youtube (se quiser apoiar nosso trabalho, inscreva-se no canal!).

Mais informações:

Encontre a melhor hospedagem no Booking! Use nosso link e apoie nosso trabalho! AQUI.
Não sabe nem começar a organizar um roteiro? Olha nosso passo a passo aqui.