2 Comments

  1. Lilian Azevedo
    7 de junho de 2018 @ 12:52

    Lindo e poetico texto. Acho que Portugal contribuiu mas não fosse vc essa pessoa linda e sensível não teríamos um texto assim. Foi bom te conhecer pessoalmente. Beijocaa

    Reply

  2. Ana Carolina Santos
    8 de junho de 2018 @ 07:58

    Portugal tem um ritmo diferente, mais leve, mais livre, mais feliz. E As Passeadeiras, com certeza terão – e já possuem – horizontes mais livres! Lindo texto!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13

Meu nome é Amanda Jacobus. Publicitária, curiosa, leitora, viajante.

Criei o Livres e Selvagens em 2011, mas foi só em 2014 que coloquei minha cara no mundo, divulgando e fazendo um trabalho semanal. O nome Livres e Selvagens surge da frase de Thoreau: “Todas as coisas boas são livres e selvagens”… Leia mais

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Receba nossos posts por e-mail e fique por dentro!

Facebook

Pinterest

Follow Me on Pinterest